Prolinx

Blog / Informe-se

Redobre sua segurança de dados em tempos de isolamento social

O novo coronavírus causou uma pandemia e nos levou a um estado de calamidade pública que fez muitos profissionais e empresas migrarem para o home office. A intensificação do uso de tecnologias de comunicação requer atenção redobrada e é sobre isso o que falaremos neste post.

Em tempos de isolamento social, separamos algumas orientações para ajudar você a fortalecer sua segurança de dados. O objetivo é evitar vulnerabilidades que poderiam resultar em um ataque hacker ou na presença de malwares que podem prejudicar e muito sua empresa, sobretudo em um momento tão delicado.

Siga em frente para conhecer ferramentas e estratégias para manter os dados de sua empresa a salvo. Boa leitura!

Conte com um firewall de última geração

Talvez você já saiba que quando o assunto é segurança de dados, não dá para escolher entre antivírus e firewall, tampouco apostar em soluções muito básicas.

A “parede de fogo” é uma ferramenta que funciona por meio de protocolos e scripts capazes de checar e filtrar os dados que chegam a uma rede particular. Assim, evita que ameaças entrem no ambiente particular de uma empresa ou um funcionário que trabalhe remotamente.

Atualmente, existem os chamados Next Generation Firewall (NGFW), também conhecidos como Firewall de Próxima ou de Nova Geração. São soluções especialmente desenvolvidas para lidar com o volume crescente de dados que são trocados por meio da rede particular. Uma realidade comum até mesmo à empresas de menor porte.

Por isso, para redobrar sua segurança de dados é importante ter um NGFW como o Cisco Firepower, do qual já falamos aqui no blog, implementado e bem configurado.

Aposte em ferramentas de segurança a distância

Especialmente em situações de isolamento social, fica mais difícil acompanhar qual o uso cada funcionário dá ao seu computador ou notebook. Com isso, mesmo que haja uma boa política de segurança estabelecida na empresa, os riscos de acesso a sites nocivos pode aumentar.

Além do mais, há situações em que uma pessoa acaba acessando um site que contém ameaças sem ter qualquer noção disso. Agindo inadvertidamente, pode comprometer seu equipamento e, consequentemente, expor os dados da empresa à riscos.

Sabendo disso, convém contar com ferramentas de segurança a distância que, de quebra, auxiliam na avaliação da produtividade em relação ao uso da internet. É o caso, por exemplo, do Umbrella.

Trata-se de um software que atua na camada de  DNS (Domain Name System) e utiliza inteligência artificial (AI) para realizar uma análise preditiva dos endereços acessados. Assim, logo consegue identificar quais sites contém ameaças para detectá-las e bloqueá-las antes que cheguem à rede.

Conte com uma solução de acesso à aplicações

Outra dica para otimizar a segurança de dados é contar com softwares que garantem o acesso seguro à aplicações, de preferência, por meio de uma ferramenta que seja uma alternativa ao terminal service.

O terminal service é uma solução de acesso remoto que conecta computadores que utilizam o mesmo sistema operacional (Windows). Esse tipo de ferramenta é útil para que diferentes usuários tenham acesso ao mesmo sistema de forma simultânea e a um mesmo servidor, ainda que usando equipamentos diferentes.

Trazendo para o contexto do isolamento, a ideia é permitir que seus funcionários que estão atuando de casa possam ter acesso a programas e a um computador mais potente, mesmo à distância. Algo que é feito por meio dos equipamentos que eles mesmos dispõem.

Acontece, porém, que o terminal service é uma ferramenta mais vulnerável aos vírus e malwares. Por isso, se seu interesse é redobrar a segurança de dados, a recomendação é buscar por uma solução mais moderna e segura como o TS Plus.

Use uma ferramenta para controlar dispositivos

Você já ouviu falar em MDM ou em Mobile Device Management? Essa é uma importante tecnologia de segurança da informação utilizada para proteger, monitorar e gerenciar dispositivos móveis.

Até mesmo em situações normais, sem o isolamento social, é comum que diferentes dispositivos sejam usados para acessar informações de uma empresa. Com equipes atuando remotamente, usando seus próprios equipamentos, o número de dispositivos atrelados aos dados sensíveis aumenta.

Para controlar tudo isso, uma solução de MDM faz a unificação dos dispositivos para que possam ser gerenciados a partir de um único painel de controle. Com isso, torna-se possível administrar políticas de segurança aos dispositivos e até implementar o uso de softwares e aplicações para a resolução de problemas.

Aposte no controle de identidade do usuário

Por fim, você ainda pode apostar no uso de ferramentas voltadas para o controle da identidade do usuário que acessa os dados da empresa, sobretudo remotamente.

Com uma solução como o Identity Services Engine, da Cisco, você consegue determinar políticas de controle que sejam flexíveis para permitir diferentes níveis de acesso com base na função exercida por cada colaborador.

Dessa forma, você evita que dados mais sensíveis estejam restritos àqueles que realmente precisam e podem ter acesso a eles, reforçando suas estratégias de segurança da informação durante o isolamento ou em qualquer situação.

Este post foi útil? Aproveite para conferir também nossas 5 práticas de segurança para o trabalho home office!

Leia mais...

inforkeep(808×808)-min
ProlinxMicrosoft365Covid(808×808)-min
prolinx_redobre(808×808)-min