Prolinx

Para garantir a produtividade e a eficiência, é preciso investir em infraestrutura. Porém, não basta ter equipamentos de última geração, é preciso contar com ferramentas de segurança como um bom antivírus corporativo.

Se sua rede corporativa não estiver devidamente protegida, pode ter problemas sérios. Mesmo com os avanços das soluções de segurança, os cibercriminosos ainda podem encontrar maneiras de acessar dados sigilosos e danificar máquinas.

Por essa razão, é importante investir em um antivírus eficiente e adequado às necessidades de uma empresa e é sobre isso que falamos neste post.

Ainda não sabe por que um antivírus convencional ou gratuito não oferece uma proteção tão eficaz quanto o corporativo? Continue a leitura para descobrir!

O antivírus convencional

Por antivírus convencional, nos referimos àquele que é comumente usado em ambiente doméstico, muitas vezes baixado e instalado de forma gratuita.

Atualmente, o home office é uma realidade para muitas empresas. Diante dessa realidade, uma prática comum é a utilização de computadores, notebooks, tablets e telefones celulares pessoais de maneira profissional.

Isso faz com que os mesmos dispositivos usados para o trabalho também sejam usados para atividades particulares. É, sobretudo neste ponto, que o risco aparece para a segurança de dados do seu negócio.

Assim, é importante usar as ferramentas de proteção adequadas. Um antivírus convencional não tem a mesma qualidade de um corporativo e pode gerar sérios problemas para a sua empresa. Sabe por quê? Confira:

Não pode ser utilizado de forma corporativa

Este é o principal ponto. Na maioria dos casos, a licença doméstica não se aplica para uso corporativo.

Em consequência, você não terá o suporte da empresa desenvolvedora do antivírus e nem suporte jurídico caso algum ataque de hacker gere prejuízos para a sua organização.

Atualiza poucas vezes ao dia

Para que a proteção seja a mais eficaz possível, é preciso que o programa de antivírus seja atualizado constantemente. Essa é uma atualização que acontece através de assinaturas de vírus.

Funciona da seguinte forma: para cada vírus detectado e conhecido existe uma assinatura criada pelas desenvolvedoras de antivírus.

Essas assinaturas são baixadas pelo antivírus periodicamente e utilizadas para que a ameaça não chegue nos dispositivos, sendo identificada e neutralizada com antecedência.

O antivírus convencional faz esse tipo de atualização poucas vezes ao dia, o que torna menos confiável se comparado ao antivírus corporativo que é atualizado regularmente, possibilitando uma proteção mais eficaz ao seu negócio.

É independente

Se você optar por um antivírus convencional gratuito para fazer a segurança da sua empresa, terá que conviver com mais um incômodo.

Esse tipo de solução é independente, não se interliga e é programada para trabalhar sem uma central de gerenciamento.

Essa situação impede que você veja em uma única tela quando uma ameaça à sua rede corporativa é detectada em uma máquina e ativa os mecanismos de proteção de forma geral.

Além de um risco à segurança, a proteção dos computadores em rede torna-se improdutiva.

Isso porque, nesses casos, o pessoal da TI precisa ir de máquina para máquina para fazer as verificações. Algo que interfere na rotina da empresa, podendo causar atrasos e até prejuízos.

Proteção básica

Além de tudo o que foi dito até agora, outro fator que reforça a necessidade de utilizar o antivírus corporativo é o tipo de proteção que os antivírus convencionais proporcionam.

A proteção proporcionada por um antivírus doméstico não é tão abrangente se comparada à da ferramenta específica para uso corporativo.

Apesar de utilizarem os mesmos motores de busca das soluções pagas, as gratuitas contam somente com um módulo de detecção e remoção do vírus.

Ou seja, muitos não oferecem uma proteção completa com módulos de proteção anti-spam, firewall, controle de aplicações, controle de conexões, e-mail, entre outros.

Vantagens do antivírus corporativo

Mostramos até aqui por que os antivírus convencionais não são uma boa opção para proteger a sua empresa.

Independentemente do porte, organizações precisam de algo mais robusto e eficaz no dia a dia e os antivírus corporativos oferecem as seguintes vantagens:

  • Configuração centralizada e distribuída;
  • Atualização dinâmica e periódica;
  • Proteção em tempo real;
  • Relatórios constantes e completos;
  • Suporte do prestador do serviço especializado em prevenção que é primordial em caso de uma emergência;
  • Confiabilidade;
  • Segurança;
  • Eficiência e rapidez na solução de problemas;
  • Possibilidade de proteção não apenas para os computadores que estão ligados na rede mas também para notebooks, celulares, tablets e demais periféricos.

Basta considerar estes pontos e contrastá-los com as desvantagens que mostramos a respeito do antivírus doméstico.

Conclusão

Como vimos, sua empresa precisa de uma proteção eficiente para as suas redes corporativas, computadores, e dados que possa garantir o bom andamento das atividades durante o dia a dia.

Para isso, nossa recomendação é a adoção de um antivírus corporativo. A solução deve ser adequada às necessidades do seu negócio e, claro, caber no seu orçamento.

Para encontrar o antivírus certo, você pode precisar de ajuda profissional  para que isso aconteça de forma eficaz, você precisa de ajuda profissional. Lembre-se de que pode contar com a orientação dos especialistas da Prolinx!

Gostou e quer continuar se informando? Conheça os melhores antivírus corporativos para a sua empresa!