Prolinx

Blog / Informe-se

Gerente de TI: contratar ou terceirizar?

Com a tecnologia cada vez mais presente nas rotinas corporativas, a importância da atuação de um gestor de TI se faz cada vez mais perceptível. E é nesse contexto que surge a dúvida: vale mais a pena contratar um profissional ou terceirizar o serviço?

Essa indecisão é bastante comum e justificável. Por isso, neste post, apresentamos diferentes cenários para que você reúna os conhecimentos necessários e tome a decisão mais adequada para a sua situação.

Continue a leitura e descubra como qual a melhor forma de garantir a segurança de dados e bom funcionamento dos sistemas utilizados em sua empresa!

Contratando um gerente de TI para atuar internamente

Empresas maiores tendem a precisar dos serviços de um profissional especializado em TI com mais frequência. Por isso, é bastante indicado que contem com uma equipe e contratem um profissional especializado para acompanhar as atividades.

Nesse caso, o gerente de TI vai ser responsável por garantir o melhor aproveitamento dos recursos tecnológicos, de forma adequada às necessidades específicas do local. A sua vantagem é, justamente, estar dentro da empresa e conhecer de perto sua atividade e objetivos.

Dependendo do setor de atuação e das ferramentas utilizadas na rotina de trabalho, empresas de menor porte também podem se beneficiar dessa ajuda profissional in loco. Em geral, porém, a demanda relativa a TI costuma ser baixa e nem sempre é vantajoso contar com uma equipe interna.

Em qualquer situação, a presença do gerente vai garantir a solução rápida de eventuais problemas, bem como agilizar o processo de tomada de decisões relativas às atividades de rotina.

Contando com os serviços de uma empresa terceirizada

Em relação à área de TI, contratar profissionais de forma terceirizada pode ser vantajoso para empresas de diferentes portes. E isso engloba fatores desde o custo até a qualidade do serviço prestado.

No caso das empresas menores, a vantagem maior está realmente na redução dos custos. Ao invés de manter uma equipe trabalhando aquém de seu potencial em função da baixa demanda, é possível contar com o apoio de terceiros apenas quando necessário.

Já para empresas maiores, contratar uma equipe de especialistas terceirizada pode ajudar a tornar a solução de problemas mais ágil e, até mesmo, melhor. Isso vai depender, sobretudo, do conhecimento desses profissionais quanto às atividades e funcionamento da empresa contratante.

Em ambos os casos, é preciso estar atento às cláusulas e acordos para garantir o não só a segurança, mas também o sigilo de informações cruciais da empresa contratante.

Combinando as duas abordagens

Por fim, há a opção de combinar as duas abordagens. Isso significa contar com uma equipe e/ou um gerente de TI dentro da empresa e, ainda, contar com o apoio de profissionais terceirizados.

Para pequenas e médias empresas, essa pode ser a solução ideal para manter as atividades em ordem diariamente e, ainda, garantir a qualidade de serviços pontuais, como o backup em nuvem.

E, para as grandes empresas, a combinação significa contar com profissionais habituados às rotinas internas atuando diariamente e o apoio de terceiros para garantir o cumprimento das demandas.

Vale ter em mente, por exemplo, que os profissionais oriundos da terceirização tendem a estar um passo à frente no que diz respeito à segurança de dados e o combate às crescentes ameaças às redes corporativas.

Ficou alguma dúvida sobre a contratação ou não de um gerente de TI na rotina de sua empresa? Deixe seu comentário para que possamos te ajudar!

Leia mais...

inforkeep(808×808)-min
ProlinxMicrosoft365Covid(808×808)-min
prolinx_redobre(808×808)-min