Prolinx

Como calcular o ROI do backup em nuvem

Quanto a sua empresa ganha quando decide investir no backup em nuvem? A contratação de uma nova solução é uma decisão que depende de diferentes fatores. Dentre eles o financeiro, que vai desde os custos até o retorno gerado pelo investimento (ROI, na sigla em inglês).

Informações como essas são importantes tanto para que a empresa contrate uma solução que “caiba no seu bolso” quanto para que entenda se vale ou não a pena fazer este investimento.

Neste post, vamos indicar a você o caminho para calcular o ROI do backup em nuvem para que você conheça mais um dentre vários motivos para adotar essa solução. Acompanhe!

O que é ROI e qual a sua importância

Antes de entender como calcular o ROI, é preciso saber ao certo o que isso significa e qual a importância das informações que esse cálculo pode mostrar.

Por definição, ROI vem do inglês return on investment, que nada mais é do que uma equação simples que indica o “retorno sobre o investimento” feito para a adoção da solução:

ROI = (receita – custo do investimento – TCO) / custo do investimento – TCO

Fazer esse cálculo é importante para que a empresa consiga avaliar se vale a pena ou não investir em uma solução em nuvem ou, ainda, em quanto tempo vai ser possível alcançar o retorno esperado com a contratação desse serviço.

Dessa forma, torna-se mais fácil decidir por sua implementação e, também, saber como encarar o processo de transição.

Entendendo o ROI para o backup em nuvem

Tendo em mente apenas a ideia já apresentada para o cálculo do ROI, um pensamento comum é o de que basta a empresa avaliar quanto ela vai economizar (ou o quanto vai deixar de gastar) com a compra e atualização de softwares e hardwares utilizados para o backup físico para, em seguida, comparar esse valor ao referente ao serviço de backup em nuvem escolhido. Mas isso é pouco.

A adoção de um serviço de backup em nuvem, para além dos gastos com equipamentos, altera processos da empresa e diminui riscos relacionados à perda de dados ou outras complicações que forcem a paralisação das atividades, como um ataque cibernético.

Ela impacta, também, no tempo e nos recursos que uma empresa gasta para corresponder à novas demandas e condições do mercado o que, consequentemente, influencia em seu sucesso e lucratividade.

Tudo isso indica que há mais a se considerar do que comparações entre gastos com equipamentos vs. contração do serviço de backup em nuvem.

Então, como calcular o ROI do backup em nuvem

A projeção da “receita” (ou do lucro obtido a partir da implementação da solução em nuvem) deve considerar diferentes variáveis a serem determinadas de acordo com as características, atuação e necessidades de cada empresa.

Ou seja, o ROI do backup em nuvem envolve também aspectos relacionados à rotina e aos negócios da empresa E, por isso, seu cálculo demanda uma análise mais cautelosa que, inclusive, deve ser feita com a orientação de um especialista.

A realização de um diagnóstico de TI é um ótimo caminho tanto para que se identifique a situação atual da empresa e das soluções que já fazem parte de sua rotina, quanto para projetar seus gastos e ganhos com a adoção de uma solução em nuvem.

Ficou interessado e quer descobrir qual o retorno do backup em nuvem para a sua empresa? Encontre em contato para uma consultoria personalizada com um de nossos especialistas!

Estou disponível no WhatsApp para conversaremos sobre o  Como calcular o ROI do backup em nuvem

Presleyson Lima