Prolinx

Blog / Informe-se

A importância da VPN para trabalhadores em home office

O home office já vinha em uma crescente no país até que a pandemia do novo coronavírus fez dessa mudança uma imposição para muitos. Seja qual for o motivo de sua empresa ter funcionários trabalhando de casa, o uso de uma rede VPN é importante.

A segurança de dados deve ser e é uma preocupação tendo em vista que vírus e outros malwares podem representar a ação de hackers que agem, entre outras razões, até mesmo para roubar informações valiosas de uma empresa.

Trabalhadores em home office também podem ser alvos de ataque, inclusive por, muitas das vezes, estarem mais vulneráveis. Siga a leitura para conhecer mais sobre uma das estratégias de defesa, a VPN!

O que é a VPN

VPN é sigla para Virtual Private Network ou Rede Virtual Privada. Quando explicamos tudo sobre o que é VPN aqui no blog da Prolinx, explicamos que trata-se de uma solução que “cria uma conexão direta entre dois dispositivos (ou duas redes), criptografando os dados e tornando o fluxo de informações mais seguro”.

Imagine que os dados trocados entre computadores e outros dispositivos conectados pela internet transitem livremente, sem qualquer tipo de proteção. A VPN atua como uma espécie de túnel que conecta dois dispositivos ou redes para que a troca de informações aconteça em segurança. Ainda, controla o acesso a esse túnel.

Para além da metáfora, a VPN se vale de protocolos avançados de segurança usados para criptografar os dados que são transmitidos. Além disso, a solução oculta dados como localização geográfica e IP (protocolo de identificação de dispositivos).

Com tudo isso, só pessoas autorizadas conseguem acessar a rede VPN, minimizando o risco de invasões e fazendo com que as informações não sejam vistas por terceiros.

Se você ainda não consegue identificar o quão séria essa situação pode ser, talvez por não imaginar quais tipos de dados são visados pelos hackers, um exemplo são as senhas de acesso.

Por que o VPN é importante no home office

Se você chegou até este post, é provável que já tenha alguma preocupação com a segurança de dados de sua empresa. Com isso, pode ser até que conte com soluções para proteger a sua rede corporativa, mas agora se pergunta o que fazer com funcionários trabalhando de casa.

Os trabalhadores em home office precisam trocar dados entre si ― dados relevantes para e sobre o empreendimento ― e até diretamente com a empresa. Ao fazerem isso sem uma rede VPN, podem acabar expondo essas informações ao risco de vazamentos ou até roubo por agentes maliciosos.

Relatórios profissionais indicam que o volume de ataques hackers aumentam à medida que a Covid-19 avança. Isso acontece porque pessoas mal-intencionadas aproveitam do momento para aplicar golpes e porque redes de uso pessoal sem VPN não costumam ser tão bem protegidas quanto redes corporativas.

Com isso, considerando especialmente o momento de pandemia, ter uma rede VPN no home office pode fazer a diferença para a proteção da empresa e, claro, dos funcionários.

A ideia é buscar uma solução, como um VPN Client, que conecte usuários pontuais à rede da empresa ― uma ideia que se aplica bem ao home office porque a VPN pode ser configurada diretamente no dispositivo (notebook ou computador) de cada trabalhador.

Como implementar o uso de uma rede VPN

Como dito, existem soluções VPN que podem ser instaladas diretamente nos dispositivos dos funcionários, sem necessariamente precisar criar um servidor VPN para cada roteador em uso.

Se preciso for, a criação da rede VPN pode ser feita remotamente, o que pode facilitar todo o processo se o funcionário reside em outra cidade ou se o home office foi adotado em razão da pandemia, por exemplo.

Assim, a própria TI da empresa pode dar conta dessa tarefa ou você pode delegá-la a um parceiro como a Prolinx. Seja como for, é importante seguir as dicas abaixo para escolher um bom serviço de VPN:

  • Busque uma solução que ofereça protocolos seguros e atualizados;
  • Informe-se sobre quantas conexões são permitidas para que a VPN escolhida de fato atenda às necessidades da sua empresa;
  • Conheça os limites do serviço como franquia de dados e outras restrições;
  • Descubra se a solução guarda ou não registros de acesso. Considere que a maioria não guarda ― e isso é positivo para usuários que buscam uma VPN ―, mas que quando acontece, os registros podem consumir “espaço” de armazenamento;
  • Informe-se sobre onde os servidores da empresa que oferece a solução estão localizados porque você pode precisar dessa informação caso precise acessar conteúdos com restrição geográfica;
  • Verifique quais dispositivos são compatíveis com a solução VPN (Windows, Mac, Linux, Android, iOS);
  • Busque uma solução cuja interface seja intuitiva e fácil de usar;
  • Informe-se sobre como é feito o atendimento ao cliente e dê preferência o serviço de VPN que prometa maior assistência e facilidade de comunicação para a resolução rápida e eficaz de eventuais problemas;
  • Estude os planos disponíveis em cada serviço e avalie o custo-benefício das alternativas de interesse.

O uso de uma rede VPN vai dar mais tranquilidade a você e a sua empresa no que diz respeito à segurança de dados, mesmo que existam funcionários atuando em home office.

Lembre-se de que pode contar com a Prolinx para reforçar a proteção de dados de sua empresa. Entre em contato e fale com um de nossos especialistas!

Leia mais...

video_conferencia(feed)-min
phishing(feed)-min
importanciavpn(feed)-min